Etiqueta de envio no e-commerce: o que é necessário saber para não cometer erros?

Os brasileiros nunca compraram tanto pela internet como no ano de 2021. Porém, esse aumento de consumo online é uma tendência que não será passageira. Por isso, é fundamental que as empresas adequem o seu negócio para oferecer canais de vendas digitais eficientes para os seus clientes, além de experiências diferenciadas.

Quando o assunto é e-commerce, é preciso levar em consideração toda a experiência durante a jornada de compra do consumidor. Isso envolve, obviamente, a qualidade do produto vendido, mas também toda a logística de entrega.

Neste contexto, a etiqueta de envio pode adquirir uma grande relevância para o sucesso de todo o processo.

Notícias em destaque

Etiqueta de envio no e-commerce: Panorama do e-commerce brasileiro

O e-commerce cresceu em todo acentuadamente desde 2020, com o início da pandemia, sendo que em 2021 esse crescimento foi ainda maior.

No Brasil, o ano de 2021 finalizou com quase 1,59 milhão de lojas online, 22,05% a mais do que em 2020. Isso significa que, em média, no último ano, foram criadas 789 novas lojas online por dia no país. O ritmo de crescimento do e-commerce brasileiro chega a uma taxa anual de 23,69% desde 2015.

Em termos de faturamento, o e-commerce brasileiro também registrou um recorde em 2021, totalizando mais de R$ 161 bilhões, um crescimento de 26,9% comparado ao ano anterior. O número total de entregas também surpreende: foram 353 milhões de entregas.

Porém, nem toda empresa está preparada para atuar com eficiência no e-commerce. Por exemplo, em 2020, o Procon São Paulo produziu um levantamento sobre as queixas mais comuns no universo das compras pela internet. De acordo com esse estudo, entre janeiro e outubro de 2020, o órgão contabilizou 242 mil demandas relacionadas, sendo que o principal motivo é justamente a demora ou não entrega da mercadoria.

Com um número tão alto de problemas e reclamações, é necessário que as empresas tomem diversas precauções para minimizarem erros na entrega. Por isso, a etiqueta de envio é tão importante para todo um processo logístico eficiente.

Etiqueta de envio no e-commerce: o que é importante saber para não cometer erros?

Para ter sucesso em todo o processo de venda pelo canal virtual, é necessário que a empresa se preocupe com questões relacionadas com a embalagem e a etiqueta de envio (também conhecida como etiqueta de frete).

O que é etiqueta de envio?

A etiqueta de envio é utilizada pelas transportadoras para identificar os volumes transportados. Geralmente, na etiqueta de envio consta o nome e endereço do destinatário, assim como as informações do remetente, ou seja, informações indispensáveis para que a mercadoria chegue ao endereço final de maneira correta.

É importante destacar que a etiqueta de envio não dispensa a nota fiscal. No geral, a nota fiscal é dobrada, inserida em um pequeno saco plástico e colados na embalagem ao lado da etiqueta de envio.

Qual é a importância da etiqueta de envio para um e-commerce?

Há muitos benefícios em relação ao uso dessas etiquetas. Além de padronizar o tamanho para o registro de todas as informações necessárias, elas podem ser encomendadas em uma gráfica, para manter a qualidade e não impactar, negativamente, na experiência do cliente até o momento da chegada do produto.

A etiqueta de envio também pode ser usada para divulgação da marca, assim como o aumento de autoridade. Pode constar na etiqueta a logomarca da empresa e criar um aspecto mais profissional em todas as entregas.

Uma outra vantagem da utilização de etiqueta de envio para uma loja virtual é a automatização do processo, gerando uma maior eficácia e economia de tempo. Além disso, há também uma redução de custos logísticos, pois a automação da expedição dos pedidos acaba gerando a eliminação ou diminuição de falhas humanas.

Ou seja, a etiqueta de envio é fundamental para que o produto chegue corretamente ao seu destino, além de contribuir para uma experiência de compra positiva para o consumidor. Assim, a escolha de uma etiqueta correta faz com que ela não se estrague durante todo o manuseio de envio, evitando atrasos, custos extras e reclamações.