A história do famoso sapato do solado vermelho

Alguns não sabem, apesar de serem ligados com a moda, que o sapato de solado vermelho é ligado diretamente com a marca Louboutin e há uma razão especial para isso. Existe uma história inteira por trás da decisão de seu criador adicionar esse toque extra de charme que nenhuma outra marca tem.

Se você ama sapatos, certamente já ouviu falar ou comprou um Louboutin por ser uma marca tão renomada e charmosa, seus produtos são um dos melhores do mercado. Com uma história tão rica e produtos de linha, não há como não se perguntar sobre as origens da marca e como ela se tornou a enorme marca de luxo dos dias de hoje.

Sua história prova que não basta ter uma ideia ou um bom senso de estilo, é necessário ter um charme próprio e uma personalidade que seja propriamente sua em cada um de seus looks. Por isso, o famoso sapato de solado vermelho veio a existir para que a personalidade da marca ficasse registrada em cada um dos looks de suas clientes.

Quem criou a Louboutin?

Desde menino, Christian Louboutin foi o criador da marca que fez sucesso ao redor do mundo e explodiu sua carreira tão cedo em sua vida. Aos 15 anos, Christian já fazia rascunhos de ideias para os sapatos que imaginava. Ele tinha sempre gostado do ar de sensualidade e sofisticação que sapatos, principalmente o salto alto ou salto agulha. Ele não poderia imaginar, porém, que seria referência nesse meio anos depois.

Christian começou desde cedo a vender seus designs e produzir eles se inspirando nas damas da noite francesa. Com apenas 15 anos, em 1979, começou a vender seus sapatos para dançarinas em locais famosos de Paris. Após isso, seu reconhecimento foi ganhando rumos inimagináveis do qual nem mesmo Christian poderia ter calculado.

O criador veio de uma família vietamita e francesa e sempre teve a liberdade de expressar seu estilo e paixão, isso fez com que Christian acreditasse que todos deveriam ter a possibilidade de fazer o mesmo. Assim, ele criou a marca Louboutin com seu sobrenome em 1991, muitos anos depois do começo de sua paixão por sapatos e moda.

Ele ouviu diversos nãos ao longo de sua carreira, principalmente em seu início. Isso se deu por conta do preço de seus sapatos, apesar de conhecido na área e principalmente em cabarés, Christian recusava menos por seus designs. E com toda razão, claro, pois mesmo no início ainda eram inovadores e não podiam ser achados em outro lugar.

O começo de sua história foi difícil, pois vendia mais para cabarés e não para um público sólido fora deles.

Origem da sola vermelha Louboutin

É uma origem curiosa quando se fala da origem dessa marca pois, na realidade, os sapatos eram originalmente como qualquer outro salto fino ou alto. Os designs sempre foram os de melhor aparência até mesmo antes da marca explodir no mercado, porém, apenas após a decisão de Christian pintar a sola dos sapatos, é que a marca se viu com uma popularidade enorme pois havia obtido seu próprio charme pessoal.

Christian queria algo que realmente pudesse comunicar, de longe, que um sapato era da Louboutin e de nenhuma outra marca. O mais curioso é que, pensando nisso, ele observou bem suas funcionárias na época. Muitas mulheres usavam esmalte vermelho, uma cor forte e decidida, Christian gostou desse detalhe e ele decidiu aplicar na sola de um de seus protótipos.

Após isso, nunca mais um sapato da marca foi produzido sem a sola vermelha e esse pequeno detalhe se tornou um grande impulsionador de vendas. Afinal, nenhuma outra marca tinha detalhes como esse em sua sola e, por isso, a marca começou a ganhar clientes ao redor de todo mundo procurando pelo design inovador que Christian havia pensado.

A marca e seu sucesso

Após isso, Christian conseguiu abrir sua primeira loja real em 1992 por conta de todo o sucesso da sola vermelha. A verdade é que a popularidade de seus sapatos explodiu no mundo da moda como nem mesmo ele esperava, e, em menos de um ano após sua decisão sobre as solas vermelhas, ele estava abrindo uma loja.

Sua inauguração foi feita em 1994 em nenhum outro lugar mas Nova York, uma das cidades mais renomadas quando o assunto é moda luxuosa.

Os sapatos Louboutin 

A verdade é que os sapatos têm um custo alto, porém Christian fez com que esse custo valesse a pena. Cada uma de suas peças, hoje vendendo femininas e masculinas, ambas de sola vermelha, se tornou como uma valiosa obra de arte. Ter um sapato dessa marca significa ter charme e elegância.

Essa marca é, certamente, um dos melhores exemplos de sucesso que vem diretamente do fato que seu criador é inspirado e inovador. Não basta ter uma ideia, é necessário ir além! A Louboutin certamente fez isso e conquistou a todos.